Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Frango’ Category

Por Maria Manuela

Olha que maravilha! Uma receita improvisada por mim, com uma sigla inventada por mim!

Se olharem em alguma tabela hexadecimal, verão que essa sigla (#FCCCDC) corresponde a um rosinha igual esse daqui.

O nome não é esse por causa da cor, mas acabou ficando assim justamente pela coincidência. Nos meus tempos de webmistress num site todo cor-de-rosinha voltado para meninas cor-de-rosa (eu conto melhor essa história outro dia…), era normal eu saber de cor e salteado todos os tons rosados que vocês possam imaginar.
Então, convencido que existe algo mais “Manuela” que isso? Talvez o #FFCCDD! hehehe

Quanto à justificativa a comemoração, foi dia 07/04 que recebi a primeira parcela da minha bolsa de mestrado: um grande alívio para as contas e uma ponta de orgulho por ter conseguido. Além disso, para um jantarzinho especial assim, preparado por mim para eu mesma, eu precisava de um motivo. Se não tivesse esse, inventava outro! 🙂

Segue a receita, simples, fácil… e rápida!

Compre peito de frango e corte em filés fininhos em casa. Os mais sortudos podem pedir para o seu açougueiro fazer isso. O meu antigo, sempre cortava o frango da maneira que eu precisava, pra eu só ter o trabalho de lavar e temperar… O novo não foi com a minha cara e falou que “Dona, filé de frango fatiado? Só congelado.”
“O quê? Apenas com meu antigo açougueiro, tão amado?…..”

Bah… e pensar em como eu era mimada e tinha sempre a mão “filés no formato strogonoff”, ou no “formato iscas” ou “filé simples, normal”. Era tão fácil…

Mas voltando aos filés… eu tive que comprar um peito, limpar e fatiar (1). Peguei uma cumbuca e coloquei 2 colheres (sobremesa) de creme de cebola e 2 colheres (sobremesa) de maionese light (2). Misturei até que virou um patê. Acrescentei um pouco de azeite (3). Passei o patê por todo o frango. Cortei um pedaço de papel alumínio, com a parte brilhante para dentro (lembrando o que a Pri ensinou), coloquei um filézinho coberto da mistura e coloquei umas rodelas de cebola por cima, pra ficar mais charmoso (4) 😉 .

Fechei o pacotinho de papel alumínio e levei ao forninho elétrico por 25 minutos, virando na metade do tempo. Pronto! Ao som do apito do forno, anunciando que eu já podia me servir, eu já tinha cozido 2 batatinhas e meia cenoura. Amassei tudo no prato com azeite para fazer um purê. Ficou do jeitinho que eu esperava. HUUMMMMMMMMMMM 🙂

Além do purê, fui acompanhada por um espetáculo caleidoscópico que só o céu de São Carlos proporciona (e a vista privilegiada da minha janela, devo confessar 🙂 ).

Aproveitando: a Dona Priscilla precisa mostrar aqui a receita original de frango com creme de cebola, pois foi numa idéia que ela teve nesse último fim de semana que eu me inspirei a fazer o tal frango cor-de-rosa!

Read Full Post »