Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Macarrão’ Category

Por Maria Manuela

Devo confessar que a liberdade alcançada por nós, estudantes e moradoras de república ou até morando sozinhas (eu!) é constantemente contrastada com a saudade de casa e uma das coisas que eu mais sinto falta é da comidinha preparada, principalmente aos domingos, pelo meu pai e minha mãe 🙂 .

Eu admito que eu não sabia cozinhar NADA antes de morar longe de casa, agora, após muito sofrimento, já sinto uma grande evolução gastronômica na minha vida e na marra eu aprendi a me virar! (Recomendo!)

Tá… eu sei! E vocês podem dizer que fazer macarrão é fácil… Ahh! Mas não adianta insistir! Eu vou protestar!!! Bom, o seu macarrão pode dar certo, mas nenhum vai ficar igual ao preparado pelo seu Rui e pela dona Norma em qualquer domingo ensolarado, com música alta pela casa toda onde todo mundo já fica avisado “Hoje é mais um dia de macarronada!!!” com muito queijo ralado, coxas suculentas de frango e um molho “que nunca está no ponto certo”, mas sempre delicioso!

Era esse o infalível cardápio dos domingos da minha infância. Alguém saía correndo pra comprar um guaraná, ou o queijo ralado, que só lembrávamos na hora de servir! Sem deixar de lembrar da modéstia do seu Rui perguntando a cada um dos presentes na mesa:

“Gostaram da macarronada que eu preparei, SO-ZI-NHO?
“Simmmm!!!!”
“Mas hoje nem ficou tão bom…”sua mãe atrapalhou :-P”

E sempre foi lei: Só se começa a comer com todo mundo na mesa. Todos juntos, o time todo. Sabe aquele negócio de ser feliz e não saber? Então…

Seria muita ousadia da minha parte tentar reproduzir uma receita dessas no Delícias Cremosas.

Receita de família! Onde todos os ingredientes são medidos a olho, na verdade “medidos pelo aroma… quanto mais cheiroso o molho, mais gostoso vai ficar…” segundo papai diz, e pra ele, esse é o segredo de qualquer receita.

Aproveitando: “Poxa vida, pai! SAL NÃO TEM CHEIRO!!!

Agora têm ficado cada vez mais raros esses domingos… meu pai diz que é porque eu não quero saber mais de voltar pra casa (o que não é verdade) e a faculdade tem me tomado bastante tempo (o que é verdade). De fato, minhas idas a SP ficaram mais raras e o mestrado tem me deixado doiiida!!!… mas o fato é que um dia eu acordei com uma vontade louca de comer macarrão (e não dava pra ser o de casa… 😦 )… e a Pri, pra variar, em todas as horas, em todos os momentos, em todos os abraços… Estava lá! Ah! Ela é minha mama de Sanca!!! 😀

Chega de blá blá blá! (Juro que tento me controlar nessas “conversinhas”… vou melhorando!), segue a RECEITA!:

1 – As Conchinhas:

Compramos 2 pacotinhos de macarrão tipo conchiglione e eu tomei o cuidado de cozinhá-las e deixá-las ao dente. Segue a minha foto num momento Amélia, exclusivo para o Delícias Cremosas.

2 – O Recheio:

Fizemos um recheio classicão para as nossas fofas conchinhas italianas: foram cerca de 400g/500g de queijo “moído” + 300g de presunto “moído”, um copo de requeijão e um tiquinho de creme de leite para deixar tudo mais cremoso (vai a olho mesmo, não tem o que errar aqui!). Misture tudo com as mãos (ou espátula). Vira uma pasta, muito gostosa de beliscar…

Coloque cuidadosamente o recheio dentro das conchinhas. Cuidado para não quebrá-las. Faça com a mão mesmo (mãos limpas!). Vá colocando as conchinhas num refratário que pode ir ao forno.

Prepare molho branco (Já demos a receita aqui) e molho vermelho (esse nós compramos pronto!).

Agora é muito fácil, né minha gente? Coloque as conchinhas-bebezinhos numa forma, cubra com molho vermelho ou molho branco ou os dois (vai do freguês!), cubra com queijo ralado e leve ao forno para gratinar/dourar/derreter o queijo/nhaaammm! Já fiz no forno elétrico e foi dois palitos! Rá!

E fica bom… Delicioso! MARAVILHOSO!!!!!!! huuummmmmmmmm….

Read Full Post »

Por Maria Manuela (com ajudinha da Pri Lopes)

Quatro meninas, depois de ficar conversando/fofocando até de madrugada, acordam quase na hora do almoço com uma fome de leão.

Ops. Esse é um blog de Chefs Gramourosíssimaassss.

Bem melhor. Post adequadamente ilustrado, podemos prosseguir…

O que fazer? Ainda mais quando tem o Edu Guedes na TV fazendo alguma receita com massa, queijo.. hum….

Macarrão com queijo e molho branco. Fácil, rápido e cremoso!

Anotem a receita:

Já coloque água para ferver. O suficiente para alimentar umas 4 pessoas famintas. Não esqueça de colocar sal e um fio de óleo (ou azeite) na água. Quando a água ferver, junte o macarrão, arrume bonitinho na panela para que a água cubra todos o fios e deixe fervendo por uns 8 minutos (essas instruções vocês encontram na embalagem). De vez em quando, dê uma mexidinha no macarrão com cuidado.

Enquanto a água (e depois o macarrão) ferve, você pode ir fazendo o molho:

O molho branco:

Você precisará de uma colher de sopa de manteiga (margarina quebra o galho), 500ml de leite, 1 lata de creme de leite e 2 colheres de maizena (farinha quebra o galho), sal e noz-moscada (esta última seria o que dá aquela qualidade de je ne sais quoi ao molho). Pique meia cebola. Coloque um pouco do leite em um copo e nele dissolva a maizena. Em uma panela, derreta a manteiga e doure a cebola. Adicione o leite com maizena e o restante do leite. Incorpore a mistura até que comece a engrossar. Diminua ao máximo o fogo e adicione o creme de leite, sal e noz-moscada a gosto. Mexa por mais algum tempo e desligue o fogo.

Coloque uma porção de macarrão no prato, cubra com o molho, jogue queijo ralado por cima, azeitonas… e Bom apetite!

Mais uma foto do macarrão, coloborando para um post ricamente ilustrativo:

Dicas da Pri Lopes:

* Você pode adicionar ao molho branco ervilhas, cubos de presunto e queijo, azeitonas, champignon (cogumelo)… Também pode adicionar catupiry, gorgonzola e fazer um molho de queijos… Vai do gosto da pessoa!

* Na casa de mamãe e papai, as vezes rola um macarrão à la Spoleto. Cozinhamos o macarrão, fazemos normalmente dois molhos (branco e vermelho – sugo) e colocamos os ingredientes todos em potinhos (champignon, presunto, queijo, azeitona, cebola, salsinha, cebolinha, etc). Daí cada um vai pro fogão se aventurar e criar seu próprio molho. Tá… É meio trampo picar as coisas e separar nos potinhos… Mas vale a diversão de colocar o que você quiser no seu molho!!! 😀

Read Full Post »